Planejamento de Mídia e Inteligência

Novidades, Planejamento

A importância do Planejamento de Mídia e Inteligência

Nós da ZAHG somos uma empresa de inteligência digital que engloba a percepção de audiência e mercado, utilizando diversas tecnologias para extrair e analisar informações, aplicando-as em estratégia de mídia, analisando públicos e otimizando a compra de canais.

Tudo se inicia na análise previa de um briefing bem escrito. Os insights gerados desse diagnóstico abastecem o nosso time de experts em estratégia de campanha (ADOPS).

A partir disso, é realizada uma estratégia de mídia com um entendimento mais profundo sobre aquela audiência específica e o segmento abordado, a fim de planejar qual será o melhor canal, investimento e outros tipos de indicadores (KPI).

O planejamento requer cuidado na leitura de dados, e revisitar o histórico de campanhas passadas também é muito importante.

Cada cliente demanda um tipo diferente de estratégia, de acordo com o tamanho da campanha e entrega, e tudo isso é amparado pela inteligência de dados e de mercado.

É muito importante que o planejador tenha experiencia na leitura dessas informações.

A excelência da entrega é baseada na expertise de nossa equipe, que aliás é o foco principal de nossa empresa.

Marcio Jorge – Diretor de Inteligência

Orientação no planejamento de Campanha

A Estratégia de campanha é estruturada quando o ADOPS recebe a informação e inicia o planejamento de entrega fundamentada no objetivo de comunicação (branding, performance, leads, etc) e assim são definidos os canais utilizados e as táticas de ativação de público adotadas para os mesmos. É nesse momento que a figura humana é essencial para a tomada de decisões, pois é muito importante orientar a melhor forma de veiculação de uma campanha para que ela obtenha o sucesso desejado.

Hoje em dia conseguimos atingir a audiência de maneira mais adequada, através de múltiplas estratégias, como por exemplo o uso de formatos de retargeting, native ads, ativação de CRM, redes sociais, entre outros e por meio de tecnologias como o DCO (Dynamic Creative Otimization) e Bots com machine learning, refinando o trabalho e entendendo melhor a eficiência de entrega das métricas da campanha.

Existem mercados mais tradicionais que ainda são muito fortes – como a televisão – porém a mídia digital possibilita mensurar o comportamento do consumidor em tempo real, com mais “dedo no pulso”. Entender como o mix de mídia offline e online contribuem entre si é um passo importante para qualquer planejador que deseja se manter relevante no mercado atual e é um pensamento que deve ser perseguido pelas agências e seus fornecedores de estratégia de mídia.

O profundo entendimento do mercado digital abre mais possibilidades de obtenção de sucesso de negócios dos clientes através de uma oferta muito variada e dinâmica de ferramenta e expertises. Saber usá-los é que difere um bom planejamento de outro. Portanto, mãos a obra e vamos entender como ajudar nossos clientes nesse mundo em constante transformação!