Transformações tecnológicas da publicidade no Campus Party Digital Edition

Link, Video

Lembramos da participação da ZAHG no maior evento de inovação, criatividade e cultura maker do planeta

Nos despedimos de julho e damos boas-vindas a agosto 2020! Considerando o “novo normal” que o mundo inteiro vive atualmente, o mês que passou foi muito especial para os Zahgers. Quem achou que os eventos do mercado ficariam de braços cruzados, esqueceu que temos a tecnologia ao nosso favor e um time super inserido nesse universo. Foi assim que participamos do Campus Party Digital Edition, um dos maiores eventos de inovação, criatividade e cultura maker do planeta, que aconteceu de 9 a 11 de julho e foi 100% online e simultâneo em 30 países diferentes.

Nosso diretor de Inteligência, Márcio Jorge, junto com o gerente de Business Intelligence, Victor Sanches, promoveram a palestra “Como a tecnologia transformou a publicidade”. Durante quase uma hora, o público pôde conhecer um pouco mais dessa evolução da publicidade, que antes tinha um papel de criadora e emissora de uma mensagem, caracterizando uma via de mão única na relação entre marca e consumidor. Hoje, sabemos que essa atuação unilateral não possui mais espaço no mercado graças à tecnologia que empoderou e deu voz às pessoas, principalmente nas redes sociais, ambiente que passou a receber posicionamentos contra e a favor dos anunciantes. A partir daí, a publicidade se transformou e ganhou outras funções.

“Além de criar e veicular a mensagem, a publicidade também precisa gerenciar a comunicação da marca e o seu relacionamento com os consumidores. A agência passa a ter a obrigação de analisar o mercado, de captar tudo o que está sendo falado a respeito da marca, traduzir aquilo e levar ao cliente com soluções, seja para reverter uma crise ou impulsionar uma imagem bem vista. Agora, mais do que nunca, é preciso ouvir os dois lados da história – o de quem vende e o de quem compra. E é aí que entre o BI”, explica Márcio Jorge.

A internet, de fato, foi uma “virada de chave” para a publicidade. Com a necessidade de interação com o consumidor, surgiu a área de Business Intelligence, mais conhecida como BI – pronunciado em inglês, bí-ái. A palestra também abordou detalhes dessa carreira que mescla ciências humanas com exatas, atraindo, assim, profissionais de formações diversas.

“Dentro do BI, ainda temos muitas pessoas que vêm do marketing, da propaganda, mas, ao mesmo tempo, a área também abre espaço para estatísticos, matemáticos, engenheiros, entre outros. Hoje, o profissional de BI precisa ser muito conectado à tecnologia, ao estudo de dados e números, à administração do investimento do cliente etc., para compreender as conversas entre consumidores e marcas e para que a estratégia seja aplicada com melhor direcionamento. Esse perfil híbrido acaba sendo muito positivo para a área, deixando-a mais democrática”, diz Victor Sanches.

Márcio e Victor também falaram de assuntos que estão super em pauta, como as fake news, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e onde entra a ética do algoritmo.

“A internet abriu espaço para coisas boas e ruins, então, nosso trabalho também precisa focar no combate ao avanço das fake news. Mas, ainda encontramos limitações. Quando falamos de Inteligência Artificial, de algoritmos, essas tecnologias ainda possuem certa dificuldade de entender o que é um dado real e o que não é, pois alguns conteúdos são formulados exatamente para causar essa confusão. Como a IA é literal, ela não entende ironia, por exemplo. Por isso que a atuação humana é essencial, para que aquilo seja devidamente interpretado. E a LGPD está muito ligada à questão humana pois é preciso um controle muito forte na utilização dos dados para que a privacidade dos usuários não seja violada. Então, essas questões éticas também fazem parte do dia a dia da área de BI, para que a atividade não corra o risco de ultrapassar os limites do direito do outro e acabe até impactando no cliente, na marca, no produto que estamos trabalhando”, diz Márcio Jorge.

Ao final, a palestra dos nossos Zahgers também contou com perguntas do público que acompanhava online. Foi uma experiência muito bacana poder compartilhar tudo o que há de novo na publicidade digital. Esse bate-papo e outros que rolaram no evento podem ser acessados no canal da canal da Campus Party Brasil, no Youtube.

Confira a palestra “Como a tecnologia transformou a publicidade” na íntegra: